Divagações modisticas

E então a menina do topo da escada resolveu escolher suas próprias roupas. Antes porém foi pesquisar na internet a linguagem da moda, e encontrou. Encontrou inúmeros blogs, fotos, imagens, vídeos, etc. de outras meninas,  todas uniformizadas. Chateada a menina sentou na sacada pensando se ela teria que se uniformizar também, afinal, ir contra a moda? Quem faria isso? E a menina muito pensou, muito sacudiu a cabeça, muito bateu os pés e no final de toda essa trabalheira que é pensar, ela decidiu, por si só, que não ia deixar de usar aquilo que gostava, do mesmo modo que não ia começar a usar algo que lhe era feio aos olhos só porque alguém disse que era bonito. Porque já dizia a bisá “gosto é igual a cu, cada um tem o seu”. E a menina criou sua regra própria, usaria a moda a seu favor, adaptando as tendências ao seu gosto, vestindo apenas aquilo que a deixava confortável e feliz. Hoje se vestir pra ela é uma brincadeira, é diversão, é fantasiar sendo ela mesma. 😉

Ana Ramazotti

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s